sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Mamães Refeição



Eu tenho impressão que estes bebês que mamam são uns malandrinhos...eles vem ao mundo, são enroladinhos, ficam bem quentinhos e vão direto para os braços das mamães. Entra e sai visitas, e eles sempre no colo de algúem! E quan...do bate a fome? É só abrir a boquinha que lá vem peito da mamãe! Não precisam mexer com nada no corpinho...somente a boquinha! E como mamam! Quando saio para comer em algum restaurante maravilhoso me deparo com um grande buffet! Que maravilha! E estes bebês malandrinhos? Ccomo será que enxergam as suas mamães? Aposto que não veêm mamãe, veêm uma grande refeição! Nossa! um buffet de mamãe! Que é só abrir a boquinha e lá vem ele! Eu não me lembro desta etapa da vida, mas com certeza eu aproveitei também! Pena que não podemos nos lembrar disso! Mamãe refeição!
Conversando com uma mamãe, amiga minha, ela tem certeza que o seu bebê a via como uma bela fonte de prazer que saciava a sua fome. E mamou até os três anos e meio! Esse se passou da malandragem! Já era um cara e mamando na mamãe! Ah! Mamães...não se deixem enganar! Digam para os seus bebês: Vão a luta!!!!

7 comentários:

  1. Ah Alvaro, você nem imagina o quanto é bom amamentar, imagine para eles....bem quentinhos, enroladinhos, é só abrir a boquinha...rsrsrs. Adorei. Meu bebezão está com 2 anos e 8 meses e ainda mama. Quando falo, quer pipinho (como ele chama)?? Ele sorri com uma gargalhada malandrinha e de extrema felicidade...você acha que vou tira??? Só quando ele quiser e tenha certeza que vou chorar...rsrsrs. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Ah, eles tem toda vida pra ir a luta...por enquanto aqui em casa eu falo "vem ni mim!" Alvaro, não se deixe enganar...as mães que amamentam por tanto tempo adoram amamentar! o vínculo estabelecido é maravilhoso e nós não somos só refeição não! Somos abraço quente, pele macia, olhares brilhantes e amorosos...somos o porto-seguro deles. Crianças de 3 anos são pequenas ainda. É a nossa sociedade que insiste em ver crianças como mini-adultos. E passa tão rápido que quando vemos já estão na faculdade, só querendo saber dos amigos e das namoradas. E nós mamães com nossos peitos passamos de principal a coadjuvantes num piscar de olhos. Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este texto, me fez voltar no tempo. Tempo que era curto, entre trabalho, casa e bebê... A correria que era após a licença maternidade, meu Deus! Como é que eu conseguia? Mas não tinha nada mais prazeroso, quando eu me acomodava e colocava entre meus braços e corpo, aquele pequeno ser para amamentar. Era mágico olhar aqueles olhinhos fixos no meu rosto, aquela mãozinha gordinha acariciando meu seio, aquela boquinha faminta sentido o prazer da barriguinha saciada. Só quem passou por isso, sabe o quanto esse momento "nos" acalentava. Parecia que o mundo era só nosso... Hoje o mundo tomou conta dele e eu só fico observando, pedindo a Deus que o guie por caminhos não tão difíceis.
    Um abraço.
    Clara

    ResponderExcluir
  6. assim sim!!!!




    roarceno

    ResponderExcluir

Agradeço com carinho o comentário, volte sempre!